Rio de Janeiro com o Espírito Carioca

15 Praias pra Entender o Rio

Um giro pelo litoral de uma cidade voltada para o mar

post por Marcelo Gluz - 24 Jan 2014 às 05:15

O sol no céu, você no Rio. Boa parte do caminho está feito. Agora só falta escolher uma praia pra ir. Afinal de contas, quantas cidades grandes você conhece com essa fartura de praias ao redor? Não muitas, talvez nenhuma outra. Mas certamente em nenhuma outra cidade litorânea as praias exercem tantas e tão importantes funções quanto no caso do Rio. Os cariocas fazem de sua extensão litorânea um grande playground. 

É na praia que as pessoas se encontram. Cada um no seu ponto, sem precisar marcar compromisso. É o hábito a procura do acaso em cada dia de sol. É na praia que as pessoas se exercitam. Nas areias tem pelada, frescobol, vôlei de praia, altinha e futevôlei. Nas águas tem surfe, jacaré, stand up paddle, windsurf, kitesurf e natação. No calçadão rola skate, ciclismo, caminhada e corrida. É comum ver times profissionais de futebol treinando na praia, além de vários de atletas olímpicos em diversas modalidades. E é mais comum ainda aquele carioca que encontra um espacinho no dia de trabalho pra dar um mergulho. Um ‘tibumzinho’ rápido e a vida se renova. Não importa se o corpo vai ficar salgado 
pelo resto do dia

Mas, voltando ao belo dia que faz lá fora. Se for sua primeira vez no Rio, corra até Ipanema e volte aqui depois pra ler o resto do texto. Se estiver de carro, dê uma esticada até a Barra. Mas volte, porque o litoral carioca é bem mais do que isso. Se você for carioca e já conhece o Rio do Leme ao Pontal, é sempre bom relembrar.



// AS PRAIAS VERDINHAS 

1. Prainha
A pequena Prainha, com menos de 1 quilômetro de extensão, fica entre dois morros cheios de natureza, que dão à praia o sentimento de isolamento. Quem mais aproveita o visual são os surfistas, que encontram ótimas condições para surfar.

A BOA
Natureza

A FURADA
Só dá pra ir de carro

VEJA MAIS

 



Praia da Macumba Rio de Janeiro Surfe2. Praia da Macumba
Antigo reduto de praticantes do candomblé e atual point de surfistas, a Praia do Pontal de Sernambetiba têm o apelido de Praia da Macumba. Entre a prainha e o Recreio, é uma das praias com maior incidência de boas ondas durante o ano todo.

A BOA
Surfe

A FURADA
Mar forte demais para banhistas

VEJA MAIS




3. Itacoatiara (Niterói)
Esta praia na região oceânica de Niterói consegue ser, ao mesmo tempo, berço de surfistas famosos e paraíso para crianças. As ondas grandes do meio atraem adeptos do surfe e do bodyboard. O canto e a Prainha de Itacoatiara guardam águas mais calmas, piscinas naturais e o visual verde da Serra da Tiririca.

A BOA
Beleza e ondas

A FURADA
Pequena pra dias lotados

VEJA MAIS




// AS PRAIAS CURIOSAS 

4. Praia do Abricó
Na sequência da Prainha, exatamente onde o asfalto dá lugar aos paralelepípedos, fica a Praia do Abricó. Cercada de pedras e bem reservada esta praia atrai os adeptos do naturismo. A ANA (Associação Naturista do Abricó) garante o bem estar de quem visita. Não esqueça de esquecer a sunga e o biquini no carro. A experiência balangandante na praia do Abricó não encontra similares na cidade. É a única praia de peladões no Rio.

A BOA
Paz
A FURADA
Gastar dinheiro com biquini e sunga

VEJA MAIS



5. Praia do Diabo
A alguns metros do Arpoador, a escondida Praia do Diabo é conhecida pelas ondas violentas e por ter ser o endereço favorito dos cães cariocas. A Câmara de Vereadores e a Prefeitura do Rio bem que tentaram legalizar o livre trânsito dos cachorros, mas o Órgão Especial do Tribunal de Justiça do Rio declarou a lei inconstitucional em 2006.

A BOA
Localização

A FURADA
Cachorro ser apreendido pela Guarda Municipal

VEJA MAIS


6. Dois Rios (Ilha Grande)
Compreendida entre dois riachos de água doce, um em cada ponta, a Praia de Dois Rios é um recanto de areia branca e cercado de natureza. Vale a visita ao que restou do Presídio Cândido Mendes, que abrigava presos políticos e comuns e foi derrubado em 94.

A BOA
Natureza e antigo presídio

A FURADA
O acesso

VEJA MAIS




// AS PRAIAS DOS ARREDORES 

7. Praia do Farol (Arraial do Cabo)
Na Ilha do Farol, gerenciada pela Marinha, fica a linda Praia do Farol. O Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais a elegeu como a praia mais perfeita perfeita do Brasil, mas não precisa pegar um foguete para admirar a beleza de suas águas limpas e dunas de areias brancas.

A BOA
Mergulho

A FURADA
Alta frequencia em feriados de sol

VEJA MAIS



8. Praia Azeda (Búzios)
A praia azeda é um tesouro na Armação de Búzios. A farta faixa de areia e a atmosfera de praia selvagem se beneficiam pelo fato de não ter comércio ou quiosques na região. Portanto leve seu sanduíche na mochila. Vale um mergulho na vizinha Praia Azedinha, com águas tão verdes e tão calmas quanto a primeira. 

A BOA
Mansidão para banhistas

A FURADA
Não levar comida e bebida

VEJA MAIS



9. Praia de Geribá (Búzios)
A longa praia de Geribá é o lugar ideal para ver e ser visto nos dias ensolarados de Búzios. Além da badalação, o esporte come solto: surfe, bodyboard, slackline e kite surfe são algumas das modalidades mais praticadas.

A BOA
Social

A FURADA
Venta muito em alguns dias

VEJA MAIS




10. Antigos / Antiguinhos (Paraty)
Na lindíssima região da Praia do Sono, a Praia de Antigos é a atração principal, porque preserva uma sensação de praia selvagem e também pelo visual deslumbrante. Você pode chegar pela trilha que começa na Praia do Sono ou de barco, a partir do condomínio Laranjeiras. Encontre um cantinho de sombra e seja feliz.

A BOA
Isolamento e natureza

A FURADA
Acesso só por trilha e barco

VEJA MAIS


11. Lopes Mendes (Ilha Grande)
Os 3 km de areia branquinha de Lopes Mendes são acessados por uma trilha moderada ou por barcos. Mas vale a pena pelas águas transparentes e tranquilidade. Leve seu lanche, pois normalmente você não vai encontrar vendedores ambulantes no local.

A BOA
Natureza selvagem

A FURADA
Acesso por barco e trilha

VEJA MAIS




// AS PRAIAS FAMOSAS 

12. Copacabana
A beleza assustadora de Copacabana não consegue ser camuflada nem pela sua fama mundial, nem pela urbanização excessiva do bairro com maior densidade demográfica da cidade. Além do grandioso Reveillon, muitos eventos esportivos e artísticos tem sede nas areias generosas da Praia de Copacabana. O calçadão ondulado e o Copacabana Palace são ícones de uma das praias mais famosas do planeta, mas é no Leme que fica o lendário Posto Zero, que deu nome a este site.

A BOA
Estar no meio de uma massa urbana
A FURADA
Estar no meio de uma massa urbana (também)

VEJA MAIS


13. Ipanema
A famosa garota nem sabia a que ponto Ipanema chegaria. Dizer que a praia é charmosa não basta. A cada verão que passa Ipanema lança tendências na moda e nas artes. Cada posto da praia abriga uma tribo diferente, com costumes específicos desde o Arpoador até o Leblon, passando pela Farme, Posto 9 e Cap Ferrat / Posto 10. Quem vai a Ipanema não é apenas banhista. É espectador. 

A BOA
Charme
A FURADA
Achar estacionamento

VEJA MAIS


14. Leblon
Mesmo com alto índice de famosos e abastados, o Leblon ainda tem cara de bairro e sua praia é frequentada por famílias. Em frente à Rua General Artigas é um bom ponto para ver e ser visto. O Baixo Bebê é outro ponto famoso.

A BOA
Mais tranquilo que Ipanema

A FURADA
Ficar perto do canal

VEJA MAIS




15. Barra da Tijuca
A grande faixa de areia da praia da Barra enquadra uma linda paisagem e é onde o carioca vai pra praticar os mais diversos esportes. A Barraca do Pepê é o ponto mais conhecido, com os sanduíches clássicos do quiosque e as acirradas disputas no futevolei. Mas é em frente ao quiosque K8 o mais novo point, principalmente pra quem pratica Kite Surf. No quiosque tem até prato assinado pelo Chef Claude Troisgros.

A BOA
Esportes aquáticos e bastante espaço
A FURADA
Dias com muito vento

VEJA MAIS