Rio de Janeiro com o Espírito Carioca

Posto Zero indica!

A nossa seleção dos bloquinhos mais maneiros

07 Fev 2013 às 04:37

Posto Zero Indica pra vocêSe você quer um resumão do que rola na cidade, talvez seja mais fácil ir até a nossa agenda boladona que reúne bloco, baile, ensaio e mais uma porção de coisas. Também tem aquelas planilhas com tudo que é bloco, que rolam por email normalmente vindo dos amigos mais foliões. Já fica o aviso: aqui não tem tudo! Esse post aqui é uma singela seleção, uma mini-lista, com alguns bloquinhos, aqueles em que a gente se amarra, onde você sente o que é Carnaval de rua carioca já no sorriso da galera, na fantasia e na gentileza. Tá perdido? Querendo que alguém escolha por você? Achando que é muita opção? A gente ajuda! Ah, o Carnaval...!

Bom lembrar: quanto melhor o bloco, mais indefinidos (e secretos) são os detalhes. É gente, a vida é assim. Então, saiba que nem todos estarão na seleção, mas é só ficar de ouvido em pé pelos blocos: exercite a cara de pau carioca e pode crer que a informação vai chegar até você!
 

Sábado, 09/02
Às 6h da matina, Céu na Terra: sim, está cada vez mais cheio, tem que madrugar e em alguns momentos ficar perto do bloco é impossível. Mas o Céu na Terra é daqueles blocos para se fantasiar com gosto, encontrar os amigos pelas ruas de Santa (depois até almoçar ali no Mineiro ou no Sobrenatural) e dar as boas-vindas oficiais ao Carnaval. O desfile no bondinho era um barato sem igual, mas nada que tenha tirado a magia do bloco, ali tocando marchinha, com os moradores participando das sacadas das casas e às vezes jogando uma água na galera lá embaixo para refrescar. 


Domingo, 10/02
A clássica dobradinha Boitatá + Boi Tolo vale sempre a pena! O Boi Tolo é quase uma facção menorzinha do Boitatá, mas nem por isso menos mágico. Começa num cortejo e vai seguindo, com estandartes, fantasias, marchinhas e sorrisos. Uma coisa de ir seguindo o rastro até onde ele for, de tão bom que é o clima. A boa é se dividir entre os dois, assim você curte duas vibes diferentes, um baile e um cortejo. E esse ano ainda tem o pessoal do Sassaricando que vai abrir os trabalhos no palco do Boitatá. Típico domingo de Carnaval, taí. Tudo começa por volta das 10h, na Pça. XV.


Segunda, 11/02
Bloco Cru ganha pelo diferente: é bloco de rock, à noite e no Centro da cidade. Nirvana, White Stripes e Ramones em ritmo de Carnaval e no pique da Lu Baratz (a vocalista endiabrada do bloco) dá uma levantada até em defunto. A outra boa da segunda e tallvez a melhor é o bloco que todo ano muda de nome. Já foi O Sertão vai Virar Mar, já foi Baianada e sempre é demais! Costuma sair ali do Ed. Capanema e rolam boatos de que este ano sai às 23h. Quem viver, verá.


Terça, 12/03
A terça ainda é da Orquestra Voadora e seu desfile à tarde, com jeito de Domingo no Parque, só que no jardim do MAM. O repertório impecável sempre afinado na medida certa, permitindo as improvisações que são marca registrada da Orquestra. Tim Maia Racional, Superstition, Simonal e Malandragem dá um Tempo no ritmo dos trompetes, trombones e ritmistas é algo! No melhor do clima 'faça-o-que-tu-queres', você pode ir atrás dos músicos ou acompanhar tudo esparramado no gramado, com um visual digno de Rio de Janeiro. 


Quarta de Cinzas, 13/03
O Me Beija que eu Sou Cineasta faz do Baixo Gávea um reduto de gente bonita, elegante e até onde é possível, sincera. Um pouco de tudo e de tudo um pouco, o bloco nasceu com jeito de clubinho, com muitos amigos e carinhas conhecidas da área. Você chega no bloco e parece realmente que conhece todo mundo, o que, convenhamos, pode ser bem confortável numa quarta-feira de cinzas. Segredo: esse ano bateu uma curiosidade na gente aqui, conhecer o Me Enterra na Quarta, muito bem recomendado pela galera foliã-amiga.


• Quer mais? Clique aqui e fique por dentro da agenda carnavalesca completa no Posto Zero.