Rio de Janeiro com o Espírito Carioca

Roteiro de Carnaval - Pra fugir da muvuca

Confira os roteiros de blocos pra fugir da muvuca e curtir um carnaval mais relax

post por Beatriz Moraes - 27 Fev 2014 às 03:22

Quem não gosta de carnaval, bom sujeito não é! Mas há quem goste de curtir a folia numa vibe mais tranquila, sem muvuca e sem empurra-empurra. Por incrível que pareça, ainda é possível encontrar blocos assim no Rio! Confira nossos roteiros com os blocos mais sossegados pra curtir um carnaval de rua tranquilo.

Sexta-feira (28/02)

19h00 - Banda do Lido
Um dos blocos mais importantes de Copa é frequentado majoritariamente por famílias e idosos. No repertório da banda, muitas marchinhas tradicionais pra celebrar o verdadeiro Carnaval.
Trajeto: Ronald de Carvalho - Av. Nossa Senhora de Copacabana - Prado Júnior - Av. Atlântica - Duvivier
Dica Posto Zero: Se você achar o bloco tranquilo demais, pode dar uma esticada até o Leme onde rola o Bloco Virtual. Um pouco mais cheio e badalado, mas também consegue agradar os tranquilos. 

Se bater a fome depois do bloco, não tem lugar melhor que o Cervantes de Copacabana para forrar o estômago! Os sanduíches mais tradicionais do Rio são servidos até às 4 da manhã por lá. 

Sábado (01/03)

07h00 - Alvorada dos Embaixadores da Folia
O bloco desfila pela Av. Rio Branco com mais de 50 músicos tocando instrumentos de sopro e percussão. Os embaixadores preservam a essência carnavalesca de décadas passadas e são fiéis às marchinhas! Por começar bem cedinho, não reúne muitos foliões e a brincadeira é garantida com bastante espaço.
Trajeto: Av. Rio Branco (Altura da Rua São Bento) - Cinelândia
Dica Posto Zero: O bloco que desfila logo depois do Alvorada dos Embaixadores da Folia é o Bola Preta! Se prepare pra sair correndo de lá ao fim do bloco para não ser pego pela muvuca.

Entre um bloco e outro, uma boa opção é parar para tomar um choppinho, descansar e forrar o estômago no Beduíno. Comida árabe rápida e deliciosa!

13h00 - Bloco Pega Pra Sambar
O bloco relembra os melhores sambas-enredo das últimas décadas em uma grande roda de samba onde músicos e foliões se misturam na mais perfeita harmonia. Como o bloco é parado, um carro-pipa fica estacionado à disposição da galera para amenizar o calor com uma boa "chuveirada"!
Trajeto:  Rua do Senado (Bloco Parado)
Dica Posto Zero: Vale chegar cedo pra garantir um lugarzinho na sombra! O bloco é parado e depois que a galera chega fica dificil escolher outro ponto para sambar no pé.

Quando a folia por ali acabar, suba pra Santa que ela continua por lá! Vale parar no Cafecito para comer uma sobremesa ou até um sanduíche e bater um papo com os gringos que sempre lotam o lugar.

17h00 - Aconteceu
O fim de tarde de Santa Teresa fica mais animado com o ritmo do bloco "Aconteceu". A bateria que não é muito grande é formada por integrante de baterias de outros blocos famosos e se faz notar pelo desempenho e não deixa ninguém parado ou sem cantar.
Trajeto: Largo dos Guimarães
Dica Posto Zero: O melhor lugar pra curtir o bloco é perto da bateria, junto com quem entende do assunto! Marchinhas e sambas-enredo antigos compõe repertório dessa galera.

Domingo (02/03)

10h00 - Thriller Elétrico
O bloco toca os maiores clássicos do Rei do Pop em ritmo de carnaval. A estréia, no ano passado, foi na Tijuca com bastante tranquilidade e clima família. Nesse ano o bloco migra para Vila Isabel. Um palco montado na Praça Barão de Drummond recebe uma banda completa além da galera da bateria que arrebenta na percussão.
Trajeto: Bloco parado - Praça Barão de Drummond
Dica Posto Zero: Um chapéu ou boné caem bem pra curtir o show do bloco sem ser massacrado pelo sol! A praça não tem muitas árvores que garantam sombra.

A segunda parte do dia é na Zona Sul. Em Copacabana rolam mais dois blocos tranquilos e sossegados pra continuar curtindo a folia. A pausa para o almoço é fundamental e em Copa tem várias opções. Se quiser comer uma massa, a Cantina Donana tem excelentes pratos, se quiser encarar uma refeição com tempero do Amazonas corra pro Arataca, se quiser uma comidinha bem brasileira para comer no balcão pagando pouco, o Braseiro de Copacabana é a melhor opção.

14h00 - Galo da Santa Clara
O bloco é frequentado por moradores do bairro que são também fundadores, colaboradores e maiores fãs do Galo. O clima é familiar, muitos idosos e crianças pintam por lá na maior harmonia. 
Trajeto: Bloco Parado - Rua Santa Clara altura do número 415
Dica Posto Zero: Leve seu isoporzinho! O bloco é parado e sem muvuca, leve seu isopor para beber com os amigos sem gastar muito!

Sobrou disposição? Tem mais bloco pra fechar a noite!

18h00 - Banda da Sá Ferreira
Também em Copacabana, a Banda da Sá Ferreira é uma das mais tradicionais do carnaval carioca, desde 1971 levando foliões para rua. O repertório da Banda conta com marchinhas e sambas enredos antigos. 
Trajeto: Rua Sá Ferreira - Rua Bulhões de Carvalho - Rua Francisco Otaviano - Av. Nossa Senhora de Copacabana - Rua Sá Ferreira
Dica Posto Zero: Diminua o ritmo da bebedeira e lembre de beber bastante água! Os blocos noturnos são uma cilada para quem tem ressaca no dia seguinte! 

Segunda-feira (03/03)

11h00 - Bloco du Carvalho em Pé
O repertório do bloco conta com samba, marchinhas, rock, frevo e até funk que é puxado por vocalistas que são responsáveis por outros blocos tradicionais de Botafogo como o Calma, Calma sua Piranha e o Bloco de Segunda. Crianças e adultos vão bem fantasiados e o clima é super familiar por lá. 
Trajeto: Bloco Parado - Rua Visconde de Caravelas altura do número 22
Dica Posto Zero: Mais um bloco parado, leve seu isoporzinho pra curtir a folia!

Bateu a fome? Bem pertinho tem a Cobal do Humaitá com vários restaurantes! 

16h00 - Pede Passagem
O bloco da Gávea relembra sambas-enredos antigos e no último ano foi puxado por ninguém menos que Teresa Cristina acompanhada pela bateria da São Clemente! Apesar das atrações, o bloco não enche e não tem muvuca. 
Trajeto: Rua Jardim Botânico até a Praça Santos Dummont
Dica Posto Zero: Fique perto do carro de som para ouvir melhor as músicas. Nos últimos anos a qualidade sonora do bloco deixou a desejar por falta de verba!

Para fechar o dia não tem dica mais óbvia do que ficar por ali, no Baixo Gávea, tomando um chopp no Hipódromo ou no Braseiro enquanto a galera dispersa após o fim do bloco.

Terça-feira (04/03)

10h00 - Bagunça Meu Coreto
O clássico bloco da São Salvador se confunde até com um bloco infantil pela quantidade de crianças fantasiadas que batem ponto todo ano por lá. O clima familiar é embalado por clássicos do samba, choro e marchinhas que começam de manhã e vão até o fim da tarde.
Trajeto: Bloco Parado - Praça São Salvador
Dica Posto Zero: Capriche na fantasia. Os foliões que frequentam o Bagunça são bem criativos e animados!

Ao fim do bloco, vale dar uma chegada no Mercadinho São José para um almoço e quem sabe até encontrar uma roda de samba animada por lá.

17h00 - Cachorro Cansado 
Ainda pela região de Laranjeiras/Flamengo o Cachorro Cansado desfila no fim da tarde tocando clássicos de todos os gêneros da música brasileira. Do samba ao funk, do pop ao rock ainda passando pelo axé, o bloco dura 5 horas e arrasta uma galera pelas ruas do Flamengo até dispersar no Largo do Machado. Apesar de cheio, as ruas são largas impedindo o empurra-empurra e o clima é bem tranquilo.
Trajeto: Rua Barão do Flamengo - Rua Marquês de Abrantes - Rua Marquês de Paraná - Rua Senador Vergueiro - Rua Barão do Flamengo
Dica Posto Zero: Fique atento ao trajeto do bloco porque ao passar por ruas mais estreitas como a Marquês de Paraná ele pode ficar um pouco apertado. Se adiante e vá na frente ou espere o bloco passar!

Pra fechar o dia e o carnaval, um choppinho no Garota do Flamengo ou uma cerveja de garrafa no boteco Bambi com a galera pra brindar mais um carnaval carioca!