Rio de Janeiro com o Espírito Carioca

Vai um cafezinho?

No Dia Nacional do Café, opções para provar que todo dia é dia de café

post por Amanda Scarparo - 23 Mai 2013 às 04:49

24 de maio é comemorado o Dia Nacional do Café, mas cá entre nós, todo dia é dia para um cafezinho. Para ajudar a acordar, depois do almoço, para ajudar na concentração, são várias as funções atribuídas à nossa bebidinha tupiniquim. E há ainda os que usam todas essas propriedades só como pretexto para saborear uma xícara de café a qualquer hora! Se você é um desses amantes da cafezinho, veja nossa seleção de alguns lugares para a famosa e gostosa pausa para o café!

 

 

Café ETC.

Para quem curte cafés especiais, orgânicos, cheirosos e tirados na hora, eis aqui seu lugar! O pequeno e aconchegante café-botique oferece um café preparado artesanalmente, sem cafeteiras ou máquinas. Enquanto a água esquenta na caldeira, o grão é pesado e moído na hora. São três opções de café, cada um com seus aromas e características especiais. Perfeito para uma pausa na correria do dia.

 

Suplicy Cafés Especiais

A casa, que já era referência em Sampa para os loucos por café, chegou ao Rio há pouco tempo e fez a felicidade de quem curte cafés com variadas torras (clara, média e escura) e especialidade de cafés, como o orgânico e o descafeinado. O Suplicy conta com baristas profissionais no time e por lá, você pode pedir sugestões e ainda levar para casa o grão de sua preferência, para um cafezinho caseiro especial.

 

Garcia&Rodrigues 

Ao sentar no Garcia e pedir um inocente cafezinho você corre o risco de perder algum tempo por lá. De volta ao Leblon, só que em versão pâtisserie e aberta 24 horas, é perfeita para os que não tem medo daquele café à noite. Com um cardápio recheados de delícias para acompanhar, a charmosa casa oferece todos os cafés na versão iced, com direito a pedrinhas de gelo batidas. 

 

 

Confeitaria Colombo

Eis aqui um exemplar de tradição na arte de tomar café. A Colombo nem tem um cardápio tão extenso da bebida, mas o que conta aqui é a experiência (ainda que eles façam um dos melhores capuccinos da cidade). Louças antigas, mesas de madeiras e um ar rebuscado, dignos de uma das confeitarias mais tradicionais da cidade. O Café do Forte é a filial que fica em Copacabana, com um avista que vai fazer uma xícara de café durar horas. 

 

Bazzar Café

Em parceria com a Livraria da Travessa, o restaurante abriu sua versão pocket nos mezaninos de algumas lojas da livraria. Nada melhor que poder tomar um cafezinho folheando um bom livro, seja no meio de uma tarde chuvosa ou depois de uma caminhada, acompanhando o Café Gourmand, que vem servido de várias delícias do cardápio.

 

 

Starbucks

Há mais de 40 anos no mercado, a cafeteria traduz bem o american way of life quando o assunto é café. Uma Disneylândia para quem gosta de se perder nas mil opções da bebida! Clássico, tamanho extra-grande, descafeinado, batido com leite, com sabor de caramelo, tipo milk shake e por aí vai. Com mais de 16 mil lojas, a rede chegou ao Rio em 2006 e de lá pra cá virou um ótimo ponto de encontro e até de reuniões, graças a suas poltronas confortabilíssimas e o wi-fi rápido e gratuito.