Rio de Janeiro com o Espírito Carioca

Show_bg
Reimaginado por

Tiago Petrik

Ver todos
Quotes 7_inner

Jornalista, escritor e fotógrafo, Tiago é editor e gestor do RIOetc, site que retrata a alma encantadora das ruas cariocas com Renata Abranchs, sempre com otimismo e beleza. Suas dicas representam o estilo de vida carioca em programas alternativos ao que um turista faz tradicionalmente.

1. Cachaça

A melhor carta de cachaças do Rio de Janeiro fica em Copacabana. O Galeto Sat’s - que, como o nome diz, serve um franguinho que é uma delícia – é vizinho do Cervantes, outro ícone da boemia carioca que certamente também vale a visita. Embora o menu de aguardentes não seja tão extenso quanto o da Academia da Cachaça, tem rótulos muito festejados por quem entende da marvada.

2. Arte

Quer ver o Rio de um ponto de vista inteiramente diferente? Vá até o Morro do Prazeres, em Santa Teresa, conhecer o Caminho do Graffiti, uma obra coletiva dos artistas urbanos, sob curadoria do Swk, morador local e ele próprio um grafiteiro de mão cheia. Para não se aventurar em riscos desnecessários, contacte a Carmen, idealizadora do projeto, que tem a agência Santa Prazeres Tour.

3. Esporte

Stand up Paddle é o nome daquele surfe com remo, a última sensação das praias cariocas. Em dias de sol e pouco vento, é possível ver dúzias de praticantes sobretudo no Posto 6, em Copacabana, onde o mar é mais tranquilo. Porém, a dica aqui é alugar uma prancha (R$ 50 a hora, R$ 30 meia hora) no Posto 8, remar até o Arpoador e, de lá, contornar a pedra, seguindo até a Praia do Diabo. A perspectiva de lá é inédita, não há em nenhum cartão postal e vale muito a pena. Além do mais, um ótimo exercício.

4. Moda

O Rio está cheio de novas marcas de moda e design, e a melhor maneira de encontrá-las é na feira O Cluster, que acontece num casarão da Rua das Palmeiras, em Botafogo. Como não há uma periodicidade certa, vale a pena ficar atento à programação.

5. Comodidade

Quer andar por aí sem ter dor de cabeça com os serviços de transporte cariocas? Minha dica é baixar o aplicativo TaxiBeat, disponível para Android e iPhone. A única maneira de distinguir os bons dos maus profissionais é avaliá-los, e atualmente só este app faz esse favor ao consumidor, já que os próprios usuários dão estrelas para o atendimento. Não saio de casa sem ele.